FALB - Notícia - Alunos da Fundação Aury Luiz Bodanese têm aulas online de dança
FALB lança desafio para a Semana do Meio Ambiente FALB doa cestas básicas para cooperativa no Mato Grosso do Sul Fundação Aury Luiz Bodanese doa toalhas de banho ao HRO Voluntários de Abelardo Luz doam tecido para confecção de máscaras FALB doa cestas básicas e máscaras a instituições Campanha da Fundação Aury Luiz Bodanese arrecada 80kg de tampinhas Fundação Aury Luiz Bodanese recebe doação de máscaras de tecido Alunos da Fundação Aury Luiz Bodanese têm aulas online de dança FALB recebe tampinhas plásticas para o projeto Tampinha Voluntária Voluntários de São Miguel do Oeste realizam atividade do projeto "A Soma da Cooperação"

PROGRAMA VOZES DO CORPO

Voltar

Alunos da Fundação Aury Luiz Bodanese têm aulas online de dança

Compartilhe:

Para manter as aulas de danças urbanas do Programa Vozes do Corpo durante o período de isolamento causado pela pandemia do novo Coronavírus, a Fundação Aury Luiz Bodanese (FALB), entidade social mantida pela Cooperativa Central Aurora Alimentos, criou um cronograma de aulas virtuais aos 160 alunos atendidos. Desde o dia 23 de março, as 12 turmas de crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos assistidos pelo programa em Chapecó estão aprendendo passos e sequências de danças urbanas em videoaulas pelo WhatsApp.

De acordo com a Diretora Administrativa da Fundação e coordenadora do programa, Sonara Ramos, a professora e coreógrafa Patricia de Lara e o auxiliar Daniel Somensi gravam os vídeos com a sequência das coreografias e postam nos grupos criados no aplicativo. Os alunos praticam os passos, gravam vídeos e enviam aos professores. Nas segundas e quartas, os vídeos são enviados aos alunos da região do Saic e nas terças e quintas para os alunos da grande Efapi. Os alunos também receberão materiais teóricos sobre dança adaptados para o formato digital. O resultado das aulas está sendo postado semanalmente nas redes sociais da Fundação.

As aulas online, segundo Sonara, são uma forma de manter as atividades do programa e envolver os alunos em processos criativos durante a quarentena. Para estimular essa prática, será lançado nesta quarta-feira (29), Dia Internacional da Dança, um desafio aos alunos: eles têm a meta de criar uma coreografia que valerá prêmios. As melhores coreografias entre as turmas ganharão fones de ouvido e mochilas.

"O desafio é em comemoração ao Dia Internacional da Dança e também um estímulo aos alunos para desenvolverem a criatividade e praticarem as técnicas aprendidas nas aulas", destaca Sonara ao informar que a premiação dos alunos será feita na segunda quinzena de maio. A professora e coreógrafa Patricia de Lara ressalta que a dança promove qualidade de vida, melhora a saúde e aprimora a consciência corporal.

O programa Vozes do Corpo é desenvolvido pela Fundação desde 2008 é já atendeu mais de 39 mil pessoas através das atividades que estimulam a integração social e cultural. Os alunos participam de festivais e eventos durante o ano e protagonizam um dos maiores espetáculos anuais promovidos pela Fundação em Chapecó: a Mostra Cultural que atrai mais de 1.000 pessoas todos os anos.


Texto: MB Comunicações

Compartilhe:




Mantenedora
Aurora
Apoiadores
Aurora
©2018 FALB - Fundação Aury Bodanese - Todos os direitos reservados