Facebook Youtube

NOTÍCIAS

10/12/2018

11ª Mostra Cultural de Dança comemora os 10 anos da Fundação Aury Luiz Bodanese (FALB)

Uma viagem no tempo. Assim foi a noite da 11ª Mostra Cultural de Dança do programa Vozes do Corpo, no último fim de semana. Para encerrar com chave de ouro o ano de 2018, a Mostra comemorou os 10 anos da Fundação Aury Luiz Bodanese, mantida pela Cooperativa Central Aurora Alimentos. Cento e trinta e cinco crianças e adolescentes subiram ao palco do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó, e mostraram todo o seu talento na dança contando um pouco da história da FALB ao longo da última década.

Em 15 coreografias criadas pela professora de dança e coordenadora do programa Vozes do Corpo, Patrícia de Lara, com a contribuição do coreógrafo Daniel Somensi Berrido, os dançarinos apresentaram os programas e ações da Fundação. Família é Tudo, Roda de Leitura, Vozes do Corpo, Atitude Agora, Vivendo Saúde, Centro de Memória, Amigo Energia e Eco Cooperação são os programas que levam as ações da FALB pelo País.

“A dança trabalha muito mais do que a expressão corporal, é um trabalho psicológico e de comportamento. Ela contribui para a formação de cidadãos mais responsáveis. Hoje buscamos demonstrar, por meio de um trabalho feito durante o ano todo, um pouco de como a dança transforma e contagia homenageando a FALB pelos seus dez anos. Foi uma honra contar um pouquinho dessa história através da dança”, ressaltou a coordenadora.

Apaixonada por dança desde criança, Ana Luiza Rossi, de 14 anos, começou a fazer dança alemã há cinco anos motivada pela mãe que, segundo ela, queria que praticasse algum esporte. Por meio de uma amiga conheceu o Grupo Vozes do Corpo no início de 2017 e se encontrou no street dance. Segundo ela, está sendo uma experiência incrível e única, uma vez que pretende trabalhar com dança no futuro. “Por meio das aulas encontrei o estilo de dança que gosto e isso está moldando o meu futuro. Agradeço ao Vozes do Corpo por me auxiliar a aprimorar o meu talento para a dança”.

Vinicius Hurt de Farias, de 15 anos, foi convidado por um amigo para assistir a Mostra Cultural em 2017 e foi a partir de então que surgiu o interesse pela dança. “Fiquei encantado quando vi as apresentações e isso me motivou a participar também. As aulas são muito dinâmicas e práticas. Muito mais do que movimentar o corpo, nós demonstramos a nossa verdade através da dança”, disse o adolescente que tem como estilos preferidos o jazz e o street dance.

UMA NOITE PARA RECORDAR

Desde 2008, a FALB já atendeu mais de 1,3 milhão de pessoas em 13 mil ações. Atua com referência em iniciativas que promovem a sustentabilidade e o cooperativismo. A presidente da Fundação Aury Luiz Bodanese Isabel Cristina Machado destacou que, além de comemorar os dez anos da FALB, a Mostra Cultural coroa um trabalho desenvolvido durante todo o ano com as crianças e adolescentes por meio do programa Vozes do Corpo que proporciona, por meio da dança, a vivência corporal e estimula o desenvolvimento social, pessoal e cultural. “É emocionante ver resultado do talento e da dedicação de cada um deles no palco. A Mostra Cultural é um presente de fim de ano para todos nós”, complementou.

O vice-presidente da Aurora Alimentos, Neivor Canton, prestigiou as apresentações e salientou a importante contribuição dos voluntários da FALB para a realização do evento. “A Fundação muito nos orgulha com o trabalho social que desempenha. Ver esse espetáculo pronto é a dedicação de cada funcionário da Aurora Alimentos que dedica seu tempo em prol do voluntariado. Isso só é possível graças ao espírito de cooperação presente no DNA da Aurora Alimentos e que chega até a comunidade com espetáculos belíssimos como esse. Literalmente, transformar contagia”, finalizou.

Texto e fotos: MB Comunicação

Galeria de fotos

MANTENEDORA:
  • Aurora
APOIADORES:
  • Ocesc
  • SESCOOP/SC
  • SESCOOP/SC
©2014 FALB - Fundação Aury Bodanese - Todos os direitos reservados Produzido por BRSIS